A SPED é a entidade responsável pelo tratamento dos seus dados pessoais. Ao utilizar o nosso site institucional serão recolhidas cookies para melhoria da experiência de utilização e do cumprimento da nossa missão. Os mesmos são tratados de acordo com a nossa política de privacidade, que pode ser consultada em www.sped.pt. Pode obter informação adicional sobre o exercício dos seus direitos e sobre o tratamento de dados pessoais realizado pela SPED através do contacto: geral@sped.pt

Colonoscopia

O que é?
A colonoscopia é o procedimento utilizado para visualizar o intestino grosso (cólon) e o reto. Para tal introduz-se através do ânus um tubo longo e flexível (colonoscópio), equipado com uma câmara na extremidade, que transmite a imagem para um monitor, permitindo a observação da mucosa cólica à medida que o tubo progride no intestino (Ver Imagem). Durante o exame o médico vai insuflando ar através do colonoscópio que permite a distensão do cólon, a progressão e a correta observação da mucosa. À medida que se insufla ar e que o colonoscópio vai progredindo o doente pode sentir algum desconforto abdominal, nomeadamente cólicas. Em caso de necessidade, podem introduzir-se diversos instrumentos através do colonoscópio, que permitem realizar procedimentos diagnósticos e terapêuticos – por exemplo, remoção de pólipos, colheita de biopsias ou aplicação de fármacos para controlo de hemorragia. Em alguns casos pode ser administrada medicação sedativa/analgésica por via oral ou endovenosa, para que o doente fique mais relaxado e o procedimento não seja tão desconfortável. Por vezes é mesmo necessário o recurso a sedação anestésica.
O que se passa durante uma colonoscopia?
Que preparação é necessária para este exame?
Quais os motivos principais para realizar este exame?
Em que situações não deve ser realizado este exame?
Quais os principais riscos da colonoscopia?
Vídeo informativo (inglês)

© 2020 SPED. Todos os direitos Reservados. MediaPrimer